Responsabilidade na liderança

A liderança vem tornando-se cada vez mais um sinônimo de motivação. A verdade é que os dois termos estão diretamente ligados. Um líder é um agente motivador é gerador de ações positivas. Mas será esse o papel dele?

Palavras bonitas e otimistas podem salvar uma equipe? Se você é um líder ou faz parte de uma equipe responsável, deve saber que a responsabilidade na liderança vai além de palestras e reuniões motivadoras. Quando se trata de liderança, o ponto crucial é a responsabilidade que cai em quem está a frente da equipe. É nesse momento que o líder demonstra total comprometimento, tomando para si toda a responsabilidade. Com isso, o bom líder não perde tempo corrigindo falhas, mas evita que elas aconteçam.

Essa responsabilidade envolve a comunicação. As ações do líder e o comprometimento como conjunto de uma estratégia de sucesso. O verdadeiro líder deve assumir a responsabilidade, lembrando que responsabilidade é diferente de culpa!

O papel do líder é estabelecer o foco no que pode ser feito e não desviar do seu compromisso, esperando que cada um faça sua parte, independentemente de se o colega também está fazendo. O líder deve aceitar que o rendimento alcançado é também  função de suas ações e palavras e não só do colaborador.

Uma boa maneira de aplicar esse conceito é construindo uma cultura de responsabilidade! Uma união de objetivos elevará o compromisso que cada participante dessa construção carregará consigo.

O “nós” sempre deverá vir antes do você. O líder deve ter em mente a mensagem deseja passar e pensar como quer que as pessoas que recebem essa mensagem se sintam. Seja exemplo a ser seguido!

Um líder responsável receberá em troca desse esforço um alto grau de confiança. As suas ações serão inspiração. Quando você faz o que diz, suas palavras ganham credibilidade, as pessoas sempre vão priorizar o seu comportamento, e não um discurso bem elaborado. É assim que se conquista confiança.

Se esse não é o seu modelo de liderança, pare um pouco e analise todas as vezes em que foi necessário retomar uma questão antiga, uma falha, ou um pequeno deslize por uma cobrança individual e não conjunta. Repense aquela reação que poderia ter sido substituída por uma conversa. Ouvir e entender pode trazer grandes resultados, então não duvide do seu potencial, tenha controle sobre suas palavras porque o verdadeiro poder é aquele que os outros te dão.

 

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s